Celebrações do Dia da Solidariedade nas Cidades do Património da Humanidade

CÂMARA E ASSOCIAÇÃO DE DEFICIENTES ELABORAM CARTA DE INTENÇÕES

8 de Setembro, terça feira próxima, é Dia da Solidariedade nas Cidades do Património da Humanidade, jornada instituída pela Organização das Cidades do Património Mundial, OCPM, à qual Cidade Velha (e a Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago) se associa. Pela primeira vez o Dia da Solidariedade nas Cidades do Património da Humanidade é este ano celebrado em Cabo Verde, em consequência de o Berço da Nação ter sido inscrito pela UNESCO na lista do Património Mundial e ter aderido à OCPM.

Porque o 8 de Setembro tem especialmente em vista sensibilizar os responsáveis pela gestão e preservação do Património para a necessidade de atender às condições dos cidadãos portadores de deficiência, não lhes limitando as possibilidades de acesso e usufruto dos bens monumentais (que são de todos), a Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago propõe-se elaborar, em conjunto com a Delegação da Ribeira Grande de Santiago da Associação de Deficientes, uma Carta de Intenções que será, no futuro, orientadora de medidas a tomar para lhes proporcionar condições de acessibilidade aos monumentos do Património Mundial.

Em Cabo Verde, por força de decisões que ultrapassam a Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago e que esta sempre fundamentadamente criticou, em contrário do que acontece noutros países não cabe ao Município qualquer poder de intervenção directa nos bens monumentais históricos nele existentes. Em consequência, a Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago apenas pode, em conjunto com a Associação de Deficientes, procurar sensibilizar e reivindicar junto do Governo e do IIPC que os portadores de deficiência não sejam excluídos do acesso aos Monumentos nacionais. É esse o propósito da Carta de Intenções que se vai elaborar.

FEIRA-EXPOSIÇÃO DE PLANTAS E ÁRVORES FRUTEIRAS

Integrada nas celebrações do Dia da Solidariedade nas Cidades do Património da Humanidade, iniciadas ontem, sábado, com o espectáculo “Viagem aos Ritmos do Brasil”, havido no Largo do Pelourinho da Cidade Velha, é feita na terça-feira a apresentação da Associação Fortaleza, entidade particular com fins não lucrativos, constituída em torno do Grupo de Batucadeiras da Fortaleza, com objectivos culturais e de promoção do desenvolvimento económico e social.

Com a apresentação da Associação Fortaleza será feita, a partir das 18 horas, uma exposição-feira de plantas e árvores fruteiras provenientes do horto/viveiro da referida Associação, instalado no vale da Ribeira Grande. Trata-se da primeira iniciativa (que tem o apoio da Câmara Municipal) da recém-constituída Associação Fortaleza.

A par da exposição-feira de plantas e árvores fruteiras, decorre no Largo do Pelourinho da Cidade Velha uma exibição de batuku com o Grupo de Batucadeiras da Fortaleza.

Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago, 6 de Setembro de 2009

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s