HABITAÇÕES DA CIDADE PATRIMÓNIO RECEBEM COZINHAS E CASAS DE BANHO

A intervenção do Município, se visou dotar as casas do mínimo de conforto para os seus habitantes, de modo a valorizar as condições de habitabilidade, tornando-as dignas de um Centro Histórico, teve também em conta recuperar e reabilitar casas que se encontravam bastante degradadas. “”A Cidade Velha tem de ser um brinco”, disse o Presidente Manuel de Pina na cerimónia. Que assim seja!

Continuar a ler

Anúncios

JOÃO LOPES FILHO APRESENTA LIVRO NA CIDADE VELHA

“Crónicas do Tempo que Passou”, de João Lopes Filho, editado pelo Instituto da Biblioteca Nacional e do Livro, é lançado no próximo dia 20, às 18 horas, sexta-feira, no Real Tours/Terreiro da Cultura, Cidade Velha, com o apoio da Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago.

Continuar a ler

BLOG DE ESTUDANTES DA RIBEIRA GRANDE DE SANTIAGO “MOSTRA” O SEU ENCONTRO EM COIMBRA

As dúvidas levantadas ao quantitativo enunciado têm uma explicação: os duvidantes parecem esquecer que, neste momento, para além dos bolseiros pelo Estado, há bolseiros pela Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago, que estudam ao abrigo de acordos entre o Município e universidades portuguesas, aos quais se juntam estudantes do ensino profissional, em formação em Portugal, também ao abrigo de acordos entre a Câmara e escolas profissionais profissionais portuguesas (caso da Magestil). De referir que, entre os numerosos alunos oriundos da Ribeira Grande de Santiago, há muitos já na fase de mestrado

Continuar a ler

NOVAS PERSPECTIVAS DE DESENVOLVIMENTO PARA A CIDADE VELHA

Uma delegação da Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago, chefiada pelo presidente Manuel de Pina, esteve em Portugal no início deste mês. O balanço, extremamente positivo, dessa viagem é agora divulgado em nota informativa da autarquia, que reproduzimos na íntegra.

Continuar a ler

CÂMARA DA RIBEIRA GRANDE DE SANTIAGO RECUSA PARTICIPAR NO CONSELHO DE GESTÃO E RECORRE PARA O SUPREMO E (PROVAVELMENTE) PARA A UNESCO

Mal a decisão do Conselho de Ministros de ontem foi conhecida, Liberal quis saber a reacção da Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago. Na ausência do presidente Manuel de Pina, um informador da autarquia foi peremptório: “tanto quanto sabemos, o Governo validou o inaceitável, a proposta do IIPC. E fê-lo em condições eticamente reprováveis, onde uma vez mais a má-fé foi nota dominante. A Câmara não pactuará. A partir de agora, manda a experiência que nenhuma confiança tenhamos em qualquer eventual tentativa de acordo que venha dessa parte. A decisão da Câmara é simples, é óbvia, e era pré-conhecida tanto pelo IIPC, como pelo Governo: a Câmara não participará no aberrante Conselho de Gestão agora determinado pelo Governo. Mais: a Câmara irá recorrer para o Supremo Tribunal de Justiça, suscitando a constitucionalidade dos diplomas. E não é de excluir, é mesmo uma forte possibilidade, que a Câmara recorra para a própria UNESCO, fundamentando as suas razões, se é que elas não são já conhecidas pela própria UNESCO”.

Continuar a ler

A CÂMARA MUNICIPAL DA RIBEIRA GRANDE E AS PROPOSTAS DO IIPC PARA A CIDADE VELHA

(Ribeira Grande de Santiago, 26/02/09). A Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago pronuncia-se amanhã, dia 27, sexta-feira, sobre o processo de candidatura da Cidade Velha a Património da Humanidade. Trata-se de uma importante e sucinta declaração que esclarece a posição da Autarquia relativamente a questões fundamentais que têm a ver com o Poder Local, constitucionalmente definido, o seu relacionamento com Institutos Públicos, e a exigível e necessária transparência de processos.

Porque esta declaração vai ao encontro da necessidade de afirmação e reforço do municipalismo na sociedade cabo-verdiana, ela será excepcionalmente feita pela Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago fora das suas instalações próprias: será às 15 horas na sede da Associação Nacional de Municípios de Cabo Verde, ANMCV, cidade da Praia.

Cientes de que a declaração em causa será em absoluto esclarecedora, a Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago pede a atenção dos órgãos de Comunicação Social para esta tomada de posição e suas eventuais consequências.

Fonte: Gabinete de Informação da Câmara Municipal da Ribeira Grande de Santiago

CANDIDATURA DA CIDADE VELHA A A PATRIMÓNIO MUNDIAL À BEIRA DE SER CONFIRMADA

28 de Fevereiro é a data limite para que os responsáveis pela candidatura de Cidade Velha a Património da Humanidade a confirmem junto da UNESCO, ou seja: respondam em concreto a algumas exigências basilares que lhes foram formuladas. Sabe-se que essas respostas extravasam as competências do Instituto do Património Cultural, dependendo sobretudo do Governo, de legislação que (também se sabe) está preparada há algum tempo

Continuar a ler